TRF4
JFRS
JFSC
JFPR
Ajuda para Pesquisa
Intranet
Enviar notícia por e-mailImprimir notíciaNotícias


       



Via Legal: Justiça nega porte de arma a advogado que alegou profissão de risco

14/11/2017 13:50:42





O Via Legal desta semana fala sobre o porte de arma. O mapa da violência no Brasil mostra que um milhão de pessoas morreram no país, vítimas de arma de fogo, entre 1980 e 2014. De acordo com o levantamento do Ministério da Justiça, em 95% dos casos, os crimes foram intencionais. No sul do país, um advogado usou o argumento de que trabalha em uma profissão de risco e tentou tirar o porte. Mas o entendimento da Justiça foi diferente e o pedido negado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região. A reportagem é de Marcelo Magalhães.

Há pelo menos 50 anos, se discute no Brasil, o que os planos de saúde têm ou não obrigação de cobrir. As regras específicas para o setor não evitam situações abusivas e as reclamações quase sempre terminam na Justiça. Em Goiás, uma empresa não quis pagar o tratamento e as despesas médico-hospitalares de um cliente, que teve 70 por cento do corpo queimados. Mas foi obrigada a recuar. A repórter, Roberta Nunes, mostra que uma decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região determinou a cobertura, já que a situação era emergencial e o paciente corria risco de morte e lesões irreparáveis.

O Via Legal fala ainda sobre o direito à educação, mas para um público específico: pessoas com deficiência auditiva. Existem mais de 2 milhões surdos no Brasil e muitos deles se comunicam em Libras, a Língua Brasileira de Sinais. O problema é que, apesar de ser obrigatório, nem toda escola tem intérpretes ou professores. A repórter Letícia Lagoa mostra que, em São Paulo, duas alunas surdas reprovaram em uma universidade e denunciaram a falta de intérpretes em sala de aula. Durante a tramitação da ação, a instituição de ensino passou a cumprir a regra. Mesmo assim, o Tribunal Regional Federal da 3ª Região determinou a continuidade do programa de inclusão na universidade.

Não basta prestar concurso e passar para se tornar um servidor público. Existem regras que podem impedir o candidato de assumir a vaga, mesmo que ele consiga boa colocação nas provas. O Exército, por exemplo, não aceitava candidatos que tenham trabalhado mais de 5 anos no serviço público. Uma candidata aprovada em concurso, questionou essa norma nos tribunais. A Justiça Federal entendeu que o concurso não pode impor condições restritivas ao militar, mesmo temporário ou voluntário nas Forças Armadas. A reportagem é de Alessandro Vieira.

O Via Legal é produzido pelo Conselho da Justiça Federal em parceria com os Tribunais Regionais Federais. O programa é exibido nas TVs Cultura, Justiça, Brasil, além de outras 19 emissoras regionais. Confira os horários de exibição e assista também pela internet: www.youtube.com/programavialegal.

Horários de exibição do Via Legal 

TV JUSTIÇA

Quarta-feira - 21h30
Sexta-feira - 11h30 
Domingo - 17h30
Terça-feira - 22h30

TV CULTURA

Domingo - 6h30

TV BRASIL

Domingo - 6h



» Todas as notícias







Notícias Relacionadas

08/11/2017
Via Legal: Paciente recebe indenização por material cirúrgico esquecido dentro da barriga
A vida não tem preço. Mas, e os erros médicos cometidos nos hospitais brasileir...

31/10/2017
Via Legal: Justiça determina sala de recepção única para pacientes de convênio e do SUS
O Via Legal desta semana aborda a desigualdade social. A constituição brasileira diz q...

25/10/2017
Via Legal: Servidor pai de gêmeos consegue licença paternidade de 180 dias
O Via Legal desta semana fala sobre licença paternidade. Cinco dias: este é o tempo de...

Rua Otávio Francisco Caruso da Rocha, 300 - Bairro Praia de Belas - CEP 90010-395 - Porto Alegre (RS) - PABX (51) 3213 3000

Horário de atendimento ao público: das 13h às 18h

Endereços e Telefones


INSTITUCIONAL
Competência e
Organização
Composição das Turmas, Seções e Corte Especial
Conciliação
Corregedoria Regional
Desembargadores Federais
Escola da Magistratura
Gestão Ambiental
Intranet
Juizados Especiais
Federais

Juízes Federais e Substitutos
Organograma
Sessões de Julgamento
Transparência Pública
Varas Federais
SERVIÇOS JUDICIAIS
Autenticidade de Certidão
Autenticidade de Documentos
Certidão (Regional e Eleitoral)
Composição das Turmas, Seções e Corte Especial
Consulta Argüições de Inconstitucionalidade do TRF4
Consulta Jurisprudência da TRU4 e Turmas Recursais
Consulta Jurisprudência do TRF4
Pautas de Julgamentos
Plantão Judiciário
Processos Distribuídos/Redistribuídos
Sob Medida
Súmulas da TRU4
Súmulas das Turmas Recursais
Súmulas do TRF4
Sustentação Oral e outros agendamentos
CONCURSOS E ESTÁGIOS
Juízes
Servidores
Estágios
COMPRAS E LICITAÇÕES
Cadastro de fornecedores
Compras em andamento
Compras encerradas
Licitações aguardando abertura
Licitações em andamento
Contratos e demais instrumentos
Relatórios de Gestão Fiscal
NOTÍCIAS E PUBLICAÇÕES
Últimas notícias
Diário Eletrônico
Avisos
TRF4TV
Jornal do TRF4
Revista do TRF4
Boletim Jurídico
Revista de Doutrina
CONTATOS
Endereços e Telefones
Perguntas Frequentes
Twitter
TRF4 no Facebook
Ouvidoria
Acesso à informação pública
Transparência