TRF4
JFRS
JFSC
JFPR
Ajuda para Pesquisa
Intranet
Enviar notícia por e-mailImprimir notíciaNotícias


       



UFSC terá que abonar faltas e permitir horário especial a estudante que trabalha em plataforma petrolífera 14 dias por mês

09/03/2018 17:50:57





O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) manteve sentença que abonou as faltas de um funcionário da Petrobras que trabalha embarcado, possibilitando que este seguisse o curso na Faculdade de Direito da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) com horário especial. A 3ª Turma negou, no final de fevereiro, recurso da universidade contra a decisão sob o entendimento de que o direito à educação é constitucionalmente garantido.

O autor da ação é técnico de manutenção de plataforma marítima na Bacia de Campos, em Macaé (RJ), e trabalha 14 dias embarcado e 21 dias em terra. Ele foi aprovado no vestibular de 2016. No primeiro semestre, obteve aprovação nas matérias, mas teve percentual de faltas superior a 25%, o que causaria sua reprovação. Ele pediu o abono das ausências administrativamente, o que foi negado pela instituição.

O estudante ajuizou mandado de segurança na Justiça Federal de Florianópolis e obteve sentença favorável, levando a UFSC a recorrer ao tribunal. Segundo a universidade, o autor tinha conhecimento das condições do regime de trabalho e do cronograma de estudos quando providenciou sua matrícula, devendo cumprir os requisitos regimentais para não ser reprovado por falta.

A UFSC apontou ainda que o estudante não preencheria os requisitos legais para gozar do regime domiciliar de estudo e que a decisão administrativa encontra lastro no princípio da legalidade, da isonomia em relação aos demais alunos, na separação dos poderes e na autonomia universitária.

Segundo a relatora do caso no tribunal, desembargadora federal Vânia Hack de Almeida, o trabalho exercido pelo impetrante encontra condições singulares de prestação, e é seu direito constitucional prestá-lo. Da mesma forma, o direito à educação é constitucionalmente garantido, e deve haver uma forma de compatibilizar ambos sem que isso acarrete prejuízo ao impetrante ou à UFSC.

Em seu voto, a desembargadora reproduziu trecho da sentença: “O critério de frequência mínima de 75% pode e deve ser administrado com regramento especial idêntico ao já reconhecido a outros estudantes em situações especiais”.

“Chancelar a posição da autoridade significaria impedir que o impetrante que, repita-se, por seu próprio mérito, obteve aprovação no concurso vestibular da UFSC, frequentasse o curso para o qual foi aprovado, o que representaria negativa do próprio direito constitucional à educação superior”, conclui a sentença.

 


5017923-74.2016.4.04.7200/TRF

» Todas as notícias



TRF4 no Facebook
Siga-nos no Twitter
Assine nosso RSS
Canal do TRF4 no YoutubeTRF4 no Flickr

Notícias Relacionadas

11/07/2018
TRF4 decide manter professor da UFSC como réu em ação de improbidade administrativa
O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) manteve o processo por ato de improbidad...

29/06/2018
Lentidão na tramitação de processo administrativo não é causa para indenização
O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) confirmou, em junho, sentença que...

19/06/2017
Estudante que sofreu lesão por estilhaço de bomba de efeito moral dentro da UFSC tem pedido de indenização negado
O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou, na semana passada (13/06), indeni...

Rua Otávio Francisco Caruso da Rocha, 300 - Bairro Praia de Belas - CEP 90010-395 - Porto Alegre (RS) - PABX (51) 3213 3000

Horário de atendimento ao público: das 13h às 18h

Endereços e Telefones


INSTITUCIONAL
Competência e
Organização
Composição das Turmas, Seções e Corte Especial
Conciliação
Corregedoria Regional
Desembargadores Federais
Escola da Magistratura
Gestão Ambiental
Intranet
Juizados Especiais
Federais

Juízes Federais e Substitutos
Organograma
Sessões de Julgamento
Transparência Pública
Varas Federais
SERVIÇOS JUDICIAIS
Autenticidade de Certidão
Autenticidade de Documentos
Certidão (Regional e Eleitoral)
Composição das Turmas, Seções e Corte Especial
Consulta Argüições de Inconstitucionalidade do TRF4
Consulta Jurisprudência da TRU4 e Turmas Recursais
Consulta Jurisprudência do TRF4
Pautas de Julgamentos
Plantão Judiciário
Processos Distribuídos/Redistribuídos
Sob Medida
Súmulas da TRU4
Súmulas das Turmas Recursais
Súmulas do TRF4
Sustentação Oral e outros agendamentos
CONCURSOS E ESTÁGIOS
Juízes
Servidores
Estágios
COMPRAS E LICITAÇÕES
Cadastro de fornecedores
Compras em andamento
Compras encerradas
Licitações aguardando abertura
Licitações em andamento
Contratos e demais instrumentos
Relatórios de Gestão Fiscal
NOTÍCIAS E PUBLICAÇÕES
Últimas notícias
Diário Eletrônico
Avisos
TRF4TV
Jornal do TRF4
Revista do TRF4
Boletim Jurídico
Revista de Doutrina
CONTATOS
Endereços e Telefones
Perguntas Frequentes
Twitter
TRF4 no Facebook
Ouvidoria
Acesso à informação pública
Transparência