TRF4
JFRS
JFSC
JFPR
Ajuda para Pesquisa
Intranet
Enviar notícia por e-mailImprimir notíciaNotícias


       



TRF4 nega levantamento de sigilo em denúncia anônima

16/05/2018 15:21:40





O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) deu provimento, na última semana, a recurso da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e manteve em sigilo nome do autor de uma denúncia contra uma professora da instituição. Conforme a decisão da 3ª Turma, a garantia da denúncia anônima é uma forma de controle dos agentes públicos.

A docente ajuizou mandado de segurança pedindo o levantamento do sigilo dos dados do denunciante após ser inocentada. Ela foi acusada anonimamente, no final de 2016, por um servidor da UTFPR de utilizar o tempo do doutorado com atividades de lazer e pessoais e de trabalhar apenas oito horas das 20 semanais que devia à universidade. A professora sustentava que teria direito a buscar a responsabilização civil e penal do servidor pelo ato difamatório contra ela.

A 2ª Vara Federal de Foz do Iguaçu (PR) concedeu a segurança determinando que a Ouvidoria da universidade informasse à autora os dados do denunciante. A UTFPR recorreu ao tribunal.

Em julgamento por maioria, a turma reformou a sentença, protegendo o sigilo do denunciante. Segundo o desembargador federal Cândido Alfredo Silva Leal Júnior, cujo voto prevaleceu, “se as regras da Ouvidoria e dos órgãos de fiscalização e controle forem de absoluta publicidade, como existe num processo judicial, ninguém mais denunciará nada nem qualquer agente público que desperte suspeitas será alvo de investigação no âmbito da administração”.

Em seu voto, Leal Júnior frisou que a experiência brasileira tem demonstrado que os agentes públicos precisam estar sob constante escrutínio e fiscalização pública, “seja pelos controles internos e externos legalmente previstos, seja pelo olhar atento dos cidadãos e dos demais colegas”.

“Não se trata de institucionalizar a figura do "dedo-duro", mas de buscar soluções viáveis para proteção da integridade pública dentro do nosso ordenamento jurídico-constitucional, como tem se mostrado eficaz, por exemplo, o instituto da colaboração premiada no âmbito do direito penal, permitindo que sejam apurados e punidos fatos ilícitos que de outra forma nunca viriam ao conhecimento das autoridades ou não seriam passíveis de repressão eficaz”, avaliou o desembargador.

Para Leal Júnior, a proteção do servidor-denunciado não é feita impedindo que seja fiscalizado nem lhe permitindo saber quem contra ele reclamou, mas assegurando que a investigação prévia ou a sindicância preliminar tramitem em sigilo na ouvidoria ou na corregedoria respectiva, ressaltando o direito à indenização por dano moral caso isso não ocorra.

 


5022966-73.2017.4.04.7000/TRF

» Todas as notícias



TRF4 no Facebook
Siga-nos no Twitter
Assine nosso RSS
Canal do TRF4 no YoutubeTRF4 no Flickr

Notícias Relacionadas

13/12/2017
Operação Lava Jato: TRF4 suspende quebra de sigilo bancário de um dos vendedores de prédio comprado pela Odebrecht
A 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) deu provimento hoje (13...

09/06/2016
UTFPR deve voltar a ofertar vagas em cursos técnicos
A Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) deve voltar a ofertar 40 vagas no...

16/02/2016
Candidato formado em área diferente da exigida em edital consegue tomar posse
A Universidade Tecnológica Federal do Paraná deve empossar, no cargo de professor univ...

Rua Otávio Francisco Caruso da Rocha, 300 - Bairro Praia de Belas - CEP 90010-395 - Porto Alegre (RS) - PABX (51) 3213 3000

Horário de atendimento ao público: das 13h às 18h

Endereços e Telefones


INSTITUCIONAL
Competência e
Organização
Composição das Turmas, Seções e Corte Especial
Conciliação
Corregedoria Regional
Desembargadores Federais
Escola da Magistratura
Gestão Ambiental
Intranet
Juizados Especiais
Federais

Juízes Federais e Substitutos
Organograma
Sessões de Julgamento
Transparência Pública
Varas Federais
SERVIÇOS JUDICIAIS
Autenticidade de Certidão
Autenticidade de Documentos
Certidão (Regional e Eleitoral)
Composição das Turmas, Seções e Corte Especial
Consulta Argüições de Inconstitucionalidade do TRF4
Consulta Jurisprudência da TRU4 e Turmas Recursais
Consulta Jurisprudência do TRF4
Pautas de Julgamentos
Plantão Judiciário
Processos Distribuídos/Redistribuídos
Sob Medida
Súmulas da TRU4
Súmulas das Turmas Recursais
Súmulas do TRF4
Sustentação Oral e outros agendamentos
CONCURSOS E ESTÁGIOS
Juízes
Servidores
Estágios
COMPRAS E LICITAÇÕES
Cadastro de fornecedores
Compras em andamento
Compras encerradas
Licitações aguardando abertura
Licitações em andamento
Contratos e demais instrumentos
Relatórios de Gestão Fiscal
NOTÍCIAS E PUBLICAÇÕES
Últimas notícias
Diário Eletrônico
Avisos
TRF4TV
Jornal do TRF4
Revista do TRF4
Boletim Jurídico
Revista de Doutrina
CONTATOS
Endereços e Telefones
Perguntas Frequentes
Twitter
TRF4 no Facebook
Ouvidoria
Acesso à informação pública
Transparência